Equatorial Goiás entrega novo complexo de alta tensão para Jataí

 

 Equatorial Goiás entrega novo complexo de alta tensão para Jataí 

Companhia investiu cerca de R$ 60 milhões em uma nova subestação e linha de alta tensão, que vão dobrar a oferta de energia na cidade e beneficiar mais de 70 mil clientes 

 


A Equatorial Goiás inaugura nesta terça-feira (9) mais uma importante obra para o Estado. Trata-se do complexo JK Jataí, composto por uma nova subestação e uma linha de distribuição de alta tensão (LDAT), que vão beneficiar mais de 70 mil clientes de Jataí, Rio Verde, Serranópolis e Chapadão do Céu. A cerimônia de entrega será realizada às 14h30 e vai contar com a presença do presidente da Equatorial Goiás, Lener Jayme; do prefeito de Jataí, Humberto Machado; e do vice-governador de Goiás, Daniel Vilela, entre outras autoridades locais e estaduais. 

  

O complexo JK Jataí é um projeto estratégico para a distribuição de energia no Estado e começou a ser executado em novembro de 2023, com a intenção de reforçar a qualidade do fornecimento de energia para os clientes de Jataí. A obra vai permitir, por exemplo, atender à Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Rio Claro, da BRK Ambiental, proporcionando mais confiabilidade no fornecimento de energia para a concessionária de água e esgoto da cidade. 

 

A companhia investiu cerca de R$ 60 milhões na obra, que inclui a nova Subestação JK, equipada com os mais modernos equipamentos disponíveis no setor elétrico e com 50 MVA de potência instalada, o suficiente para atender 50 mil residências, o equivalente a um município do tamanho de Trindade. O projeto também contempla a nova linha Rio Claro-JK, que tem aproximadamente 30 quilômetros de extensão e interliga a nova unidade à Subestação Rio Claro EQTL, que atende a zona rural de Jataí. 

 

O município tem outras três subestações de distribuição de energia: a Jataí, a Rio Claro EQTL e a Serra Azul. O presidente da Equatorial Goiás, Lener Jayme, comenta que o novo complexo de alta tensão vai praticamente dobrar a oferta de energia em Jataí, proporcionando mais energia para o agro, para a indústria, para o comércio e para todos os cidadãos jataienses. “Essa é uma obra que representa uma grande evolução para Jataí, com aumento da oferta e da qualidade da energia para essa região que tanto cresce e tão importante para o Sul de Goiás. Com a Subestação JK, a oferta de energia do município será praticamente dobrada, permitindo que novas empresas se instalem e acompanhando o crescimento pujante do município.” 

  

O gerente de Planejamento e Controle de Obras de Alta Tensão da Equatorial Goiás, Reginaldo Santos, explica que essa entrega vai facilitar ainda as manobras telecomandadas do sistema elétrico na região. Com maior flexibilidade operativa, a concessionária poderá reduzir o tempo de uma possível afetação por falta de energia e recompor o fornecimento mais rapidamente. O objetivo é proporcionar mais estabilidade ao sistema na região sudoeste do Estado. Ele complementa que o complexo JK será operado em 138kV. “Na prática, isso significa mais robustez para o sistema elétrico, mais confiabilidade e segurança no fornecimento de energia dos clientes.” 

  

Além do sistema de alta tensão, a obra contempla novas redes de média tensão, que são os circuitos responsáveis por levar a energia da subestação até os clientes. Essas redes estão em fase final de construção e serão entregues gradativamente nos próximos meses. “Estamos empenhados em investir fortemente em novas estruturas e em reconstruir os ativos em toda a área de concessão. Não estamos medindo esforços, nem investimentos, para transformar a realidade do sistema elétrico em Goiás. O foco da nossa atuação é trabalhar com agilidade para atender cada vez mais o cliente goiano”, ressalta Lener Jayme. 

  

Reconstrução 

  

Desde sua chegada a Goiás, há mais de um ano, a Equatorial executa uma série de obras para o fortalecimento do sistema elétrico, com foco na qualidade e continuidade do serviço. Todo esse trabalho pode ser acompanhado em tempo real no site do Trabalhômetro: https://trabalhometro-equatorialgo.com.br/. A plataforma é pioneira no país entre as distribuidoras de energia e permite o monitoramento integral do trabalho dos mais de 15 mil colaboradores pelo Estado e o avanço das ações na rede de energia. 

  

Em 2023, foram investidos R$ 2 bilhões na recuperação do sistema elétrico do Estado. O resultado totaliza 426.500 obras entregues, como manutenção preventiva, limpeza de faixa, criação de novas redes de média tensão, novas ligações com obras, podas de árvores, trocas de equipamentos, manutenções e modernizações de subestações. Para se ter uma ideia, apenas no 2º trimestre deste ano as equipes da concessionária já concluíram 148 mil obras em Goiás, avanço de mais de 200% na meta estipulada para o período. Milhares de outras já estão programadas e com datas para serem executadas. 

  

Sobre a Equatorial Goiás 

  

A Equatorial Goiás é uma empresa que pertence à holding Equatorial Energia, 3º maior grupo de distribuição de energia do País, com 7 concessionárias que atendem mais de 14 milhões de clientes. Somente em Goiás são cerca de 3,5 milhões de clientes, localizados em 237 municípios do Estado e abrangendo 98,7% do território estadual, com cobertura de uma área de 336.871 km².   

 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
href="https://agenciabrasilia.df.gov.br/2024/01/18/ubss-tem-horario-noturno-para-atendimento-de-casos-de-dengue/">GDF
BRB