Equatorial alerta sobre cuidados com a eletricidade dentro e fora de casa

 

Distribuidora chama atenção para prevenção de acidentes domésticos e durante atuação de profissionais próximo à rede de energia 

 


 

Quando o assunto é eletricidade, todo cuidado é pouco. O uso seguro da eletricidade é parte essencial da rotina de qualquer pessoa: diversão, iluminação, conservação de alimentos, conforto do ar-condicionado e do banho quente e, claro, o suporte à vida. Pensando na segurança dos seus clientes, a Equatorial Goiás tem uma cartilha com orientações sobre cuidados com a energia elétrica no dia a dia.  

Existem normas de segurança que precisam ser seguidas para trabalhadores de áreas como construção civil. É importante estar atento aos cuidados com aproximação de cabos e da própria rede. Quem trabalha com serviços de podas também deve ficar atento, qualquer intervenção próxima da rede merece cuidado redobrado. A atenção precisa ser especial ainda dentro de casa, com ambientes molhados, tomadas e equipamentos eletrônicos porque um choque elétrico pode causar graves queimaduras ou até mesmo a morte. 

O acidente elétrico é causado quando a pessoa entra em contato com corpos energizados. O resultado do contato é o choque elétrico, ou seja, a passagem da corrente elétrica pelo corpo. O executivo de Segurança do Trabalho da Equatorial Goiás, Alex Fernandes, orienta que para evitar este tipo de situação perigosa, é preciso revisar a fiação de residências, comércios e indústrias, dos eletrodomésticos e equipamentos eletrônicos, a fim de garantir a segurança de todos.  

A falta de um projeto elétrico, materiais de baixa qualidade, instalações elétricas mal dimensionadas e a contratação de profissionais não capacitados são algumas das escolhas ruins que podem ser feitas durante uma construção ou reforma. Segundo Alex Fernandes, alguns cuidados devem ser redobrados. “Para garantir a segurança e evitar acidentes com eletricidade é preciso ter atenção e cuidado com os eletrodomésticos, cercas elétricas, antenas, tomadas sobrecarregadas, carregadores de celulares e varais energizados acidentalmente, que podem ser considerados os principais fatores causadores de curto-circuito”, afirma. 

Além disso, atitudes cotidianas podem fazer de casas, comércios e indústrias lugares mais seguros e sem acidentes com eletricidade. Confira: 

•         É indicado solicitar uma revisão das instalações internas a um profissional capacitado pelo menos a cada 5 anos; 

•         Se for instalar uma antena ou realizar qualquer obra ou reforma, contrate um profissional especializado e respeite a distância segura da rede elétrica, de pelo menos 3 metros;  

•         Evite sobrecarregar tomadas usando benjamins, também conhecidos como “Ts” e extensões de qualquer tipo. O ideal é contratar um eletricista para fazer a instalação elétrica de novas tomadas conforme as normas técnicas; 

•          Use protetores nas tomadas que não estiverem sendo utilizadas, isto evita acidentes com crianças; 

•          Para reparos elétricos, desligue a chave geral de energia ou disjuntor geral para evitar choques ou descargas elétricas. Se for trocar lâmpadas, não toque na parte metálica do bocal; 

•        Nunca deixe aparelhos eletrônicos próximos de áreas molhadas; 

•        Não deixe cortinas e tapetes em contato com fios e tomadas. Caso aconteça um curto-circuito eles podem pegar fogo rapidamente;

•       Nunca encoste em objetos metálicos como postes, cercas de arame, tubos metálicos e principalmente linhas telefônicas ou elétricas;     

•       Não toque em aparelhos elétricos com as mãos ou pés úmidos;    

•       Nunca tente desligar ou religar energia da rede elétrica por conta própria; entre em contato com a Equatorial Goiás; 

•       Evite estar em locais como campos abertos, piscinas, lagos, praias, árvores isoladas, postes e locais elevados; 

•       Em caso de cabo de energia caído, não se aproxime e entre em contato imediatamente com a Equatorial Goiás pelos canais de atendimento.   

 

Sobre a Equatorial Goiás 

A Equatorial Goiás é uma empresa que pertence à holding Equatorial Energia, 3º maior grupo de distribuição de energia do País, com 7 concessionárias que atendem cerca de 13 milhões de clientes. Somente em Goiás são cerca de 3,5 milhões de clientes, localizados em 237 municípios do Estado e abrangendo 98,7% do território estadual, com cobertura de uma área de 336.871 km.

 

 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
href="https://agenciabrasilia.df.gov.br/2024/01/18/ubss-tem-horario-noturno-para-atendimento-de-casos-de-dengue/">GDF
BRB