Page Nav

HIDE

Grid

LIST_STYLE

Classic Header

{fbt_classic_header}

Header Ads

GDF Contra a Dengue

Destaques

latest

PORANGATU: PRINCIPAIS DESAFIOS DA GESTÃO DE VANUZA VALADARES NOS PRIMEIROS 15 DIAS DE GOVERNO

Início da gestão Novos Tempos começou com desafios. Um dos maiores problemas enfrentados assim que começou o novo mandato foi a falta do ser...

Início da gestão Novos Tempos começou com desafios. Um dos maiores problemas enfrentados assim que começou o novo mandato foi a falta do serviço de coleta de lixo doméstico. Desde o fim do mês de dezembro do ano passado a população vinha sofrendo com a paralisação deste serviço essencial


Com as festas de fim de ano o lixo se acumulou e sem a coleta a situação piorou e virou transtorno para os moradores. Assim que Vanuza Valadares assumiu a prefeitura este foi um problema emergencial que precisava ser solucionado.
 
No primeiro dia de governo já foi dada a largada do processo licitatório para a contratação da nova empresa que iria fazer o serviço da limpeza urbana do nosso município. Enquanto essa situação que burocraticamente levava uns dias para ser resolvida, medidas foram tomadas na tentativa de amenizar o problema que já tinha virado caso de saúde pública. Funcionários da prefeitura de várias secretarias foram convocados para iniciar uma mega força tarefa para a coleta do lixo doméstico da cidade.
 
Mas o transtorno durou apenas uma semana. No dia nove deste mês foi anunciada a contratação da nova empresa (URBAN) que assumiu o serviço de limpeza urbana e de início trouxe dois novos caminhões coletores para a execução do trabalho, proporcionando aos funcionários e população mais segurança e qualidade na prestação do serviço público.
 
Para acelerar o trabalho, um mutirão de limpeza começou a ser realizado em toda cidade. Dezenas de funcionários, caminhões caçamba, tratores e pá-carregadeira estão retirando entulhos, móveis velhos e abandonados, podas de árvores e todo tipo de lixo que tem obstruído a passagem em calçadas e ruas. Uma outra frente de trabalho está percorrendo praças, rotatórias, canteiros, lotes baldios e espaços públicos, realizando o serviço de roçagem.

Um outro grande desafio enfrentado pela gestão Novos Tempos foi a questão da pandemia. O número de casos de pessoas contaminadas com a COVID19 cresceu assustadoramente na primeira semana de janeiro, chegando a marca de 69 casos positivos da doença. Vendo essa situação crítica foi montado um comitê de crise. A prefeitura de Porangatu por meio da Secretaria de Saúde e órgãos da Vigilância em saúde reuniram com entidades, comerciantes e representantes da sociedade civil para realizar de imediato um plano de contingência de combate a disseminação do coronavírus na cidade.

No dia oito de janeiro foi elaborado um novo decreto constando as regras estabelecidas e as novas determinações por setor, com itens e normas específicas, horários de funcionamento e capacidades permitidas. Equipes da Vigilância Sanitária estão realizando uma fiscalização em toda a cidade durante dia e noite, principalmente em lugares onde o fluxo de pessoas é maior, coibindo todo tipo de aglomeração e inclusive fazendo valer as determinações do decreto com aplicação de multas em caso de descumprimento às normas de segurança de combate à COVID19.
 
A Secretaria de Saúde também se deparou com outro problema. Grande parte dos postinhos de saúde estava precisando de manutenção emergencial. Foram encontradas salas com mofo e infiltração nas paredes e goteira em vários pontos do prédio. A prefeitura já está fazendo o trabalho de reforma dessas unidades.
 
A Secretaria de Finanças está em contato com a Receita Federal também já está fazendo o levantamento das contas, junto aos bancos, para tomar conhecimento a respeito do panorama financeiro da prefeitura.

Nenhum comentário