Page Nav

HIDE

Grid

LIST_STYLE

Classic Header

{fbt_classic_header}

Header Ads

GDF Contra a Dengue

Destaques

latest

Prefeito Gustavo Mendanha recebe Íris e presta homenagem pelo apoio na Emancipação Política de Aparecida

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (MDB), recebeu nesta terça-feira, 06, a visita do prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MD...

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (MDB), recebeu nesta terça-feira, 06, a visita do prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB). Os dois se encontraram no gabinete da Cidade Administrativa e conversaram sobre a gestão das duas cidades. Além disso, Iris, que anunciou sua aposentadoria da vida política, recebeu homenagem pelo apoio dado à cidade de Aparecida, para que conquistasse a emancipação política há 56 anos


A emancipação política de Aparecida de Goiânia foi assegurada pela Lei Estadual de nº 4.927, de 14 de novembro de 1963, sancionada pela Assembleia Legislativa do Estado de Goiás, que elevou o então distrito à categoria de município. Na época da criação da lei, Iris era deputado estadual e foi ele o autor do Projeto de Lei que estabelecia a emancipação da cidade.

“Peguei a assinatura do deputado Olinto (Meirelles), que era da União Democrática Nacional (UDN), para não atrapalhar a aprovação do município, e criamos Aparecida. Eu tenho por Aparecida um profundo afeto, e a consciência de que um dia eu participei da criação desse município, que tem proporcionado qualidade de vida a milhares e milhares de pessoas”, afirmou o prefeito de Goiânia, Iris Rezende.

Para homenagear Iris pelo apoio dado na emancipação de Aparecida, o prefeito Gustavo Mendanha o presenteou com uma camisa 10 da Associação Atlética Aparecidense; uma bandeira de Aparecida, que representa a municipalidade; um quadro pintado por artista local e uma réplica da Igreja Nossa Senhora Aparecida, que completará 100 anos em 2022. “Essa é uma justa homenagem a ele, que é o autor da Lei que criou o município e ao longo da sua vida política sempre ajudou Aparecida de Goiânia com obras importantes. Hoje é um dia histórico para todos nós, que moramos na cidade e conhecemos sua história. Dia em que podemos reverenciar um dos maiores líderes políticos do país”, destacou Gustavo Mendanha.

Segundo o prefeito Gustavo, os recursos que chegaram até os aparecidenses foram possíveis graças à emancipação da cidade. “Tenho orgulho de recebê-lo aqui, e muita gratidão. Aparecida tem vivido grandes momentos. A Cidade Administrativa completa neste dia 07 um ano; até há pouco dependíamos de Goiânia, mas hoje temos universidades, atendimento na saúde de qualidade, oportunidades de empregos e mais condições de ajudar a nossa população”, reiterou Gustavo durante a solenidade de homenagem ao prefeito Iris.

O presidente da Câmara Municipal, Vilmar Mariano (MDB), destacou que o momento é ímpar para a classe política de Aparecida. “Estamos recebendo o maior nome da história política de Goiás”, frisou. Na ocasião, Vilmar falou da construção da Câmara, um legado dos vereadores que já passaram pela Casa de Leis, e convidou Íris para participar da inauguração do novo prédio, prevista para ocorrer dia 17 de dezembro.


A visita do gestor da capital foi acompanhada também pela secretária de Assistência Social e primeira-dama Mayara Mendanha, pelos secretários municipais e vereadores de Aparecida. O ex-prefeito, José Macedo também compareceu à solenidade. 

Emancipação política de Aparecida de Goiânia
A história da fundação da cidade de Aparecida começou em 1922, quando um grupo de fazendeiros da região realizou uma doação de terras à Igreja Católica. Nesta época, a cidade pertencia ao município de Pouso Alto, atual Piracanjuba. O nome do povoado, Aparecida, deriva da padroeira do lugar, Nossa Senhora Aparecida. Em 1958, passou a integrar-se ao município de Grimpas, hoje Hidrolândia, tornando-se distrito. Com a Lei Municipal nº 1.406, de 26 de dezembro, oficializou o nome Goialândia, que não foi bem aceito pela população. Foi então que, em 14 de novembro de 1963, a Lei Estadual nº 4.927 elevou o distrito à categoria de município, tendo como nome Aparecida de Goiânia, já com foro de cidade.


A história de Aparecida de Goiânia é formada por inúmeros assentamentos, que propiciaram um dos maiores índices de crescimento populacional do Brasil à época. Os primórdios da evolução social do pequenino povoado repousam na capelinha Nossa Senhora Aparecida, local onde os moradores praticavam cultos religiosos àquela que seria mais tarde consagrada a padroeira do lugar. Os primeiros habitantes nutriam o sentimento religioso da Igreja Católica Apostólica Romana. Os sacerdotes de Campinas se transportavam para o pequeno lugarejo em animais, a fim de cumprirem missão de fé, acentuando a agregação religiosa no local, que passou a se transformar em rota de tropeiros e romeiros. Hoje Aparecida de Goiânia é uma das maiores cidades não capitais do país e vive um verdadeiro boom econômico e social, com mobilidade urbana, infraestrutura, saúde e educação.

Nenhum comentário