Page Nav

HIDE

Grid

LIST_STYLE

Classic Header

{fbt_classic_header}

Header Ads

GDF Contra a Dengue

Destaques

latest

Câmara Legislativa vai destinar EPIs para ações da Secretaria da Mulher

Instituto Sociocultural Brasil-China doou quatro mil máscaras e mil aventais para a Frente Parlamentar Brasil-Brasília-China da CLDF Foto: R...

Instituto Sociocultural Brasil-China doou quatro mil máscaras e mil aventais para a Frente Parlamentar Brasil-Brasília-China da CLDF


Foto: Renato Oliveira.

Na tarde desta quarta-feira (23), o vice-presidente da Frente Parlamentar Brasil-Brasília-China da Câmara Legislativa do Distrito Federal, deputado Rafael Prudente (MDB), reuniu-se com representantes do Instituto Sociocultural Brasil-China (Ibrachina) para receber a doação de quatro mil máscaras descartáveis e mil aventais.

Parte da doação, reflexo da cooperação entre o país asiático e o DF, promovida pelo Instituto e pela Frente, será destinada para projetos diretamente apoiados pela CLDF de combate ao Covid-19 e orientação da população para o enfrentamento à pandemia. O deputado, juntamente à secretária da Mulher, Ericka Filippelli, informou que outra parcela dos equipamentos de proteção individual será repassada à Secretaria da Mulher.

Segundo Prudente, o esforço para frear a pandemia é essencial e destacou a interação entre os poderes Legislativo e Executivo. "É fundamental o trabalho conjunto de todos os segmentos da sociedade para combater o avanço do coronavírus em nossa cidade. Precisamos trabalhar juntos para que o DF volte a sua normalidade", declarou o parlamentar.

Brasil-Brasília-China

A Frente Parlamentar Brasil-Brasília-China foi criada em julho com o objetivo de incentivar o desenvolvimento de ações no âmbito da coordenação política, da cooperação econômico-financeira e da cooperação multissetorial, entre os órgãos e instituições públicas e privadas do Distrito Federal e da China. A Frente é presidida pelo deputado Eduardo Pedrosa (PTC), que também destaca qa necessidade de unir forças para o DF sair da crise ecônomica. "A China é importante parceiro comercial do Brasil, agora vamos trabalhar para que Brasília seja sede de grandes empresas que desejam investir no país, isso vai gerar renda e emprego˜, observa o distrital

Nenhum comentário